Imprimir

Formação Vicentina

 

FORMAÇÃO DO PROGRAMA DE AÇÃO COLABORATIVA DA FAMÍLIA VICENTINA

O Programa de Ação Colaborativa da Família Vicentina já chegou a Portugal! Veio diretamente de terras brasileiras para o Externato de São Vicente de Paulo no fim-de-semana de 28 a 30 de outubro. 

Como não podia deixar de ser, a Juventude Mariana Vicentina também esteve presente! Sendo este um programa de formação para a Família Vicentina também contámos com a presença da Associação Internacional da Caridade, da Congregação da Missão, das Filhas da Caridade, da Sociedade de São Vicente de Paulo, da Associação da Medalha Milagrosa e dos Colaboradores da Família Vicentina.
Este programa é um convite que a Família Vicentina Internacional faz a todos os membros dos mais variados ramos para aprimorar o serviço prestado aos que sofrem alguma vulnerabilidade.
Iniciámos a formação, no dia 28, com o jantar e com a abertura do programa onde foram apresentadas as linhas gerais do mesmo e os formadores. Foram também apresentados todos os ramos da Família Vicentina que estavam presentes.
No sábado iniciámos o dia com uma oração e a partir daí mergulhámos nos módulos de formação sobre as raízes Vicentinas e sobre como podemos ver o Vicentino como visionário, o Vicentino como contemplador e o Vicentino como colaborador.
No domingo participámos todos na Eucaristia, bem como na Assembleia Geral da Sociedade de São Vicente de Paulo.
Depois do almoço continuámos com a formação que vinha recheada de dinâmicas e de projetos colaborativos entre todos os movimentos (Vicentino como catalisador e como servidor).
Desafiados a espalhar esta formação não só em Portugal, mas também em África, saímos de coração e cabeça cheios para nos lançarmos de cabeça em projetos colaborativos!

Ana Rita Soares
JMV Catujal (in Jornal “Ubi Caritas”)

Pensa um pouco:

"Um homem por caridoso que seja, se não for humilde, não terá caridade; e sem caridade, ainda que tenha bastante fé para transportar montanhas, ainda que desse os seus bens aos pobres e o seu corpo ao fogo, tudo lhe seria inútil."

S. Vicente de Paulo

(Coste XII, 210)

Visitas

354571
HojeHoje74
TotalTotal354571