Imprimir

Encontro Sub-16 na Região Sul

 

No passado fim-de-semana de 13 a 16 de fevereiro realizou-se no Centro Local de Paialvo, paróquia de Carrazede, Tomar, o encontro sub-16 da região sul da JMV e teve como titulo «Que a Força Esteja Contigo!».

 

Neste encontro falámos que é possível ser santos no dia de hoje fazendo as coisas normais da nossa idade, devemos ser do mundo mas não mundanos. Falámos também em São Vicente de Paulo, na sua vida e no caminho de santidade que ele seguiu depois dos erros que cometeu. Também falámos nas dúvidas que nos perseguem entre o bem e o mal onde na minha comunidade se fez uma dinâmica que consistia numa barreira de cadeiras à qual se chamou «O Muro» onde estava uma pessoa sentada indecisa entre ir para o lado do bem onde se encontrava DEUS e o lado onde estava satanás e a indecisão dessa pessoa já a fazia estar de certo modo ligada ao lado do mal. 

Noutra parte do encontro estivemos a ouvir um testemunho sobre Missão onde se falou das missões que fizeram e das experiências que viveram ao fazê-las e nessa altura perguntaram se gostaríamos de fazer e propuseram que falássemos com os vogais de caridade e missão dos nossos centros locais.


Realizámos varias atividades nesses dias, entre as quais, uma Celebração Mariana, um peddy paper, onde se tinha de responder a enigmas sobre santos ligados à JMV, de amor e caridade, houve o baile de Carnaval que é sempre realizado neste encontro, essas atividades serviram para nos aproximarmos dentro das comunidades de maneira a que se trabalhasse em equipa.


O encontro foi bastante produtivo, o tema escolhido foi muito bom pois fez com que as pessoas refletissem bastante. Na minha comunidade foi bem explicado e explorado para compreendermos as coisas e o animador fez bastantes dinâmicas para nos explicar os temas.


O momento que mais me marcou foi a Celebração Mariana quando estávamos todos unidos, pela linha branca, à Nossa Senhora das Graças e só deixaram as luzes negras ligadas.


Luís Ingrês
Centro Local de Cernache do Bonjardim

 

Pensa um pouco:

“O cristão acolhedor é um verdadeiro dom para a Igreja, porque a Igreja é Mãe e uma mãe acolhe a vida e a acompanha”

Papa Francisco

Audiência com a Família Vicentina

Vaticano, 15 outubro 2017

Visitas

928133
HojeHoje839
TotalTotal928133